Geral

DPE-RN coordena projeto para realização de censo da população de rua em Natal

ASCOM/DEFENSORIA

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN), em parceria com o Movimento Nacional da População em situação de Rua, o Programa Motyrum de Educação Popular em Direitos Humanos e o Centro de Referência em Direitos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, está desenvolvendo um projeto para a realização do primeiro censo da população em situação de rua em Natal. Atualmente, não existe levantamento que aponte o número real de pessoas vivendo nas ruas de Natal.

A expectativa é que a partir da realização do censo, seja possível quantificar a população em situação de rua na capital potiguar. Com os dados reais, o Poder Público poderá criar e executar com mais eficiência as políticas públicas voltadas para essa parcela da população. De acordo com o defensor público Manuel Sabino Pontos, coordenador do Núcleo Especializado de Defesa dos Grupos Sociais Vulneráveis da Defensoria Pública (Nudev), o censo também irá nortear o trabalho da DPE-RN na busca pela efetivação das ações propostas pelo Poder Público.

“Esse estudo é imprescindível para orientar políticas públicas voltadas e a atuação da Defensoria Pública na cobrança dessas políticas”, explicou. Manuel Sabino informou que o estatístico Ivênio Hermes, que atuava na Coordenadoria de Informática e Estatística da Secretaria Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), irá desenvolver um software para a realização do censo. O defensor público destacou ainda que o projeto irá começar por Natal, mas depois deverá ser realizado em algumas cidades do interior do estado.


Deixe um Comentário