Assembleia Legislativa do RN

Deputado Ubaldo Fernandes revela que o RN está perdendo rota de exportação de frutas para o Porto de Fortaleza

Movimentação no Porto de Natal cresce 75% nos três primeiros meses de 2016 (Foto: Carla Belke)

MOVIMENTO DO PORTO DE NATAL PERDE ESPAÇO PARA O PORTO DE FORTALEZA – FOTO: CARLA BELKE

O deputado estadual Ubaldo Fernandes (PTC) revelou na tarde desta sexta-feira, dia 8, que o porto de Natal está perdendo a rota de exportação de frutas para o Ceará, através do Porto de Mucuripe, em Fortaleza. Segundo o parlamentar, o fato é uma consequência da apreensão de mais de três toneladas de cocaína apreendidas em contêineres com frutas que iriam para a Europa, a partir do Porto de Natal.

“Não podemos deixar que nosso principal porto de exportação de produtos potiguares perca essa rota para o Porto de Mucuripe, em Fortaleza, como já está acontecendo. Desde o final de fevereiro, as atividades de exportação no Porto de Natal estão suspensas. Alegando falta de segurança, a principal empresa transportadora em operação no Porto, a CMA/CGM, decidiu paralisar suas operações em Natal, a princípio, por um período de 45 dias”, destacou.

Para discutir o assunto e buscar soluções, Ubaldo Fernandes estará realizando na próxima terça-feira (12), às 14h, uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A iniciativa é fruto de uma visita da comissão de trabalhadores do Porto, que pediu o apoio do Legislativo na resolução da atual crise existente no setor. As categorias de estivadores, conferentes e arrumadores estão apreensivas quanto ao recebimento dos salários e à continuidade dos serviços.

Segundo a Codern, cerca de 43 mil toneladas de frutas são embarcadas, por mês, no Porto de Natal. Somente os melões foram responsáveis por 53% das exportações estaduais, em janeiro deste ano, com US$ 23,6 milhões, conforme dados do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços.


Deixe um Comentário