Governo

DENÚNCIA: Secretaria de Esportes do RN compra a uma empresa de Chapecó (SC) R$ 500 mil em passagens aéreas e revolta agentes de viagem potiguares

RESPONSÁVEL PELA SEL/RN, SECRETÁRIO CANINDÉ FRANÇA FOI INDICADO PELO VICE-GOVERNADOR FÁBIO DANTAS

Na contramão do discurso propalado pelo governador Robinson Faria de que o fortalecimento do turismo potiguar é prioridade no seu governo, a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, comandada pelo secretário Francisco Canindé de França (PC do B), indicado para o cargo pelo vice-governador Fábio Dantas, está investindo a nota preta de R$ 500 mil em passagens aéreas, que estão compradas a uma agência de turismo de Chapecó, Santa Catarina. O fato se tornou um dos assuntos mais comentados junto aos agentes de viagem do Rio grande do Norte, que entendem ser a iniciativa da Secretaria de Esporte uma negação do discurso do próprio governador.

A aquisição de passagens aéreas foi feita junto a empresa Portal Turismo, sediada em Chapecó (SC), com o objetivo de garantir a participação de cerca de 220 estudantes nos Jogos da Juventude, que vãos ser realizados em Curitiba, no período de 12 a 21 de setembro.

Segundo denuncia uma destacada agência de viagem potiguar, para viabilizar a compra das passagens aéreas, a Secretaria de Esportes do RN “pegou uma carona” em uma Ata de Registro de Preço da empresa catarinense, que fornece passagens aéreas para a Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (FUNPEC). A estratégia, embora legal, é imoral, na ótica dos agentes de viagem.

Os empresários do setor esperavam que um órgão estadual realizasse um Pregão Presencial ou um Pregão Eletrônico, dando ampla possibilidade de as empresas do Rio Grande do Norte concorrer em condições de igualdade.

“Diante da situação que atravessam as agências de viagem do estado, enfrentando dificuldades decorrentes da crise econômica do País, a Secretaria de Esportes do RN vai investir quase meio milhão de real em uma empresa de fora, enquanto somos nós, empresários do turismo potiguar, que pagamos aqui nossos impostos. A aquisição dessas passagens aéreas, da forma como foi feita, pode ser até legal, mas não é imoral. Onde fica o discurso do governador de fortalecer o turismo local?”, questiona uma fonte do BLOG DO FM no setor de turismo.

De acordo com o empresário do setor, a Secretaria de Esportes, teria, se quisesse, todas as condições de ter feito uma licitação que permitisse a ampla participação das agências de turismo do Rio Grande do Norte, uma vez que o órgão tem ao seu dispor uma Comissão Permanece de Licitação, pregoeiro que é pago mensalmente e havia tempo hábil para que o certame fosse feito.

“A secretaria não pode nem alegar que é mais barato comprar a uma empresa de fora, é uma falta de vergonha um negócio desse e o governador precisa tomar conhecimento sobre o que os seus auxiliares estão fazendo”, diz a fonte.

CHEFE DE GABINETE AMEAÇA

O chefe de Gabinete da Secretaria de Esporte e Lazer do Rio Grande do Norte, Júlio César Nunes Júnior, foi contatado pela reportagem do BLOG DO FM e confirmou ser verdadeira a informação de que o órgão está comprando cerca de R$ 500 mil em passagens aéreas a empresa Portal Turismo, de Santa Catarina.

O gestor, no entanto, negou-se em se aprofundar nas informações, alegando que só continuaria a conversa se o repórter declinasse o nome da fonte que vazou a informação sobre a aquisição das passagens aéreas.

Diante da explicação de que o sigilo da fonte é uma prerrogativa da atividade jornalística, Júlio Cesar Nunes passou a ameaçar, mostrando descontrole e despreparo para o trato com a imprensa, e disse que iria processar o BLOG DO FM, caso “fosse publicado uma linha sem a sua autorização”.

O chefe de Gabinete ressaltou por diversas vezes que a aquisição das passagens obedece aos critérios legais, mas não quis explicar porque não foi feita uma licitação dando a oportunidade de as agências de RN disputarem uma venda de meio milhão de real.


Deixe um Comentário