Educação

Declaração do ministro Weintraub, ao sugerir que alunos das federais do RN substituam terceirizados, será investigada pelo MPF, diz procuradora

A procuradora da República Carolina Maciel informou ao Blog do Dina que considera medidas diante das declarações do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Em reunião com reitores da UFRN, IFRN e Ufersa, com a bancada federal, nessa segunda-feira em Brasília, ele sugeriu que os funcionários terceirizados sejam substituídos pelos próprios alunos, que fariam limpeza e manutenção.

Maciel foi procurada pelo Blog do Dina em razão de ser autora de procedimento instaurado na semana passada para acompanhar se os cortes anunciados pelo ministro vão comprometer as instituições. Ela se mostrou surpresa com as declarações.

Em seguida, explicou que o caso pode se enquadrar no inquérito aberto, ou seja, que eventuais medidas no sentido do proposto pelo ministro serão objeto de apreciação do Ministério Público Federal para serem investigados.

O blog também procurou a reitora da UFRN, Ângela Paiva. Ela ainda está em Brasília e não comentará o assunto. Ainda não conseguimos contatar os reitores do IFRN e Ufersa.

Não é a primeira vez que o ministro causa polêmica em suas declarações sobre as universidades federais. No início do mês, ele criticou nas redes sociais, de forma generalizada, os reitores das universidades federais, ao falar de tolerância e pluralidade: “para quem conhece universidades federais, perguntar sobre tolerância ou pluralidade aos reitores ditos de esquerda faz tanto sentido quanto pedir sugestões sobre doces a diabéticos”.

Com informações do Blog do Dina


Deixe um Comentário