Política

Crispiniano não deverá acompanhar protesto em Natal e continua sujeito à pena, lembra o MPRN

eytitew

Presidente da FJA está proibido pela Justiça de acompanhar pessoalmente a mobilização. Foto: Reprodução/Facebook

O presidente da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto, segue na mira do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MRRN). Os promotores avisam que ele, que também é militante petista, está sujeito à pena de detenção de três meses ou multa, em consequência das mensagens – em tom de ameaça – publicadas no final de semana passada, no Twitter.

Algumas expressões usadas por Crispiniano na rede social causou revolta popular: “Os atos do PT têm que ser no dia 13 e próximos aos dos Coxinhas. Temos que mostrar que não tem medo desta canalha” (sic), bem como que “o MST leve para os atos suas foices, enxadas e machados…Não podemos apanhar de lutadores de jiu­jitsu pagos”.

Tais mensagens de cunho “incitatório” resultaram na abertura de investigação do MPRN, que analisa possível pratica de crime previsto no art. 286 do Código Penal (Incitar, publicamente, a prática de crime).

O Blog do FM tentou, sem êxito, entrevistar Crispiniano. Contudo, fomos informados por servidores da FJA que o presidente estaria em Brasília, onde passaria o final de semana. Além disso, existe uma determinação do juiz Agenor Fernandes, em atendimento a um pedido do MRRN, que proíbe Crispiniano de comparecer à manifestação popular em Natal.

Caso o presidente da FJA esteja em Natal, ele será obrigado pela Justiça a se apresentar ao Comando Geral da Polícia Militar, às 12 horas deste domingo,  e só será autorizado a sair do quartel , duas horas após o término da manifestação. O jornalista será acompanhado por um Oficial de Justiça, tanto na ida, quanto na saída do quartel da PM.

No começo desta semana, o Procurador­ Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, encaminhou ofício ao Governador Robinson Faria, solicitando providências político­-administrativas relativas às postagens publicadas por Crispiniano.



Deixe um Comentário