Política

Cota de combustível de cada federal do RN daria para fazer a linha Natal-Mossoró 37 vezes, denuncia presidente de partido

PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL, BERTONE MARINHO DENUNCIOU PRIVILÉGIOS EM SUAS REDES SOCIAIS

O presidente do Partido Verde do Rio Grande do Norte (PV-RN), Bertone Marinho, usou sua conta na rede social Instagram para denunciar privilégios de deputados federais quando o assunto é combustível e transportes. Segundo ele, cada deputado federal que representa o RN tem direito a 1.330 litros de gasolina por mês, o equivalente a R$ 6.000,00.

Bertone explica que com esse valor, é possível rodar até 10.640 km mensais. “Com esse montante, fazendo oito quilômetros por litro, dá pra fazer a linha Natal-Mossoró 37 vezes ou ir até Buenos Aires e voltar de carro. Isso todos os meses. Com relação aos transportes, os deputados federais têm outras regalias, com a possibilidade de fretar até aeronave. Os senadores contam com os carros oficiais, alugados a R$ 9.300 e o combustível, claro, é pago por outra cota parlamentar”, denuncia ele.

Pré-candidato a deputado federal, Bertone Marinho registrou no 2º Ofício de Notas, em Natal, no de 18 de abril, declaração de comprometimento na qual renuncia privilégios do cargo caso seja eleito, o que representa uma economia de quase R$ 2,5 milhões aos cofres públicos durante o período do mandato.

Dentre as vantagens renunciadas por Bertone, está justamente a cota para combustíveis, auxílio-moradia, apartamento funcional, serviços postais e de segurança privada, além da redução de 50% do número de assessores diretos lotados no gabinete parlamentar, de 25 para apenas 12.

Em outro vídeo também publicado no Instagram, Bertone Marinho comparou os imóveis funcionais de parlamentares em Brasília com o déficit habitacional brasileiro. “Você sabia que paga luxos como banho de banheira para deputados e senadores? Os apartamentos funcionais dos nossos representantes em Brasília têm 225 m². São 4 quartos, 5 banheiros e 2 dependências para cada parlamentar. Isso sem falar na grande banheira de hidromassagem. Só lembrando que o déficit habitacional do Brasil é de 6,2 milhões de moradias. Será que o seu dinheiro não deveria ser usado para diminuir esse déficit?, finalizou o presidente do PV-RN.



Deixe um Comentário