Economia

Conta de luz deverá ficar mais barata a partir de abril

A REDUÇÃO SERÁ POSSIVEL COM A ADOÇÃO DA BANDEIRA VERDE NO SISTEMA DE BANDEIRAS TARIFÁRIAS

A REDUÇÃO SERÁ POSSIVEL COM A ADOÇÃO DA BANDEIRA VERDE NO SISTEMA DE BANDEIRAS TARIFÁRIAS

O anúncio foi feito pelo ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, nesta quinta-feira (25). A redução no valor da conta de energia será possível com a adoção da bandeira verde no sistema de bandeiras tarifárias. As cores verde, amarela e vermelha servem para informar o consumidor, a cada mês, se a energia está mais cara ou mais barata.

Neste mês, o governo anunciou que, em março, seriam desligadas sete usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 420 por megawatt-hora (MWh). Posteriormente, foi decidida uma redução incluindo 15 usinas que geravam energia a um custo de R$ 250 por MWh.

“Agora estamos anunciando o desligamento das usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 211. Com isso, a partir de abril, entraremos em regime de bandeira verde. Ao adotar a bandeira verde, deixa-se de cobrar esse ônus. Mas em março ela [bandeira] continuará amarela”, disse o ministro.

Para o consumidor, isso deverá resultar em uma redução média entre 6% e 7% na conta de luz.


Deixe um Comentário