Internacional

Colisão de trens na Itália deixa pelo menos 20 mortos e dezenas de feridos

 TRENS COLIDIRAM DE FRENTE NA MANHÃ DESTA TERÇA-FEIRA (12) NO SUL DA ITÁLIA (FOTO: ITALIAN FIREFIGHTER PRESS OFFICE/ AP)


TRENS COLIDIRAM DE FRENTE NA MANHÃ DESTA TERÇA-FEIRA (12) NO SUL DA ITÁLIA (FOTO: ITALIAN FIREFIGHTER PRESS OFFICE/ AP)

A colisão frontal de dois trens de passageiros deixou ao menos 20 mortos e dezenas de feridos na manhã desta terça-feira (12), na região de Puglia, no sul da Itália, segundo a Associated Press. A polícia afirmou que o acidente aconteceu em um trecho de via única entre as cidades de Corato e Andria, segundo a Reuters.

O número de vítimas ainda pode aumentar, porque as equipes de resgate trabalham para retirar passageiros presos às ferragens. O último balanço foi divulgado pelo líder da região onde o acidente ocorreu.

A batida aconteceu por volta das 11h (no horário local) e deixou vagões destruídos. O jornal italiano “Corriere de la Sera” informou que, com o impacto, peças de metal foram lançadas à distância em uma plantação de oliveiras que cercam os dois lados dos trilhos.

Pelo menos uma criança foi retirada com vida dos destroços e levada para o hospital de helicóptero, segundo a agência Ansa.

“O resgate é complicado porque o acidente aconteceu no meio de uma zona rural”, disse o porta-voz dos bombeiros Luca Cari.

Equipes de resgate de Bari e Barletta foram mobilizadas e montaram uma estrutura improvisada para atender os feridos.

O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, durante visita a Milão, declarou que o caso será investigado. “Não vamos parar até termos uma explicação clara sobre o que aconteceu.” A linha, que foi interrompida, é administrada pela Ferrotramviaria.

 EQUIPES DE RESGATE BUSCAM SOBREVIVENTES DE COLISÃO FRONTAL ENTRE DOIS TRENS, NO SUL DA ITÁLIA, NESTA TERÇA-FEIRA (12) (FOTO: ITALIAN FIREFIGHTER PRESS OFFICE/AP)


EQUIPES DE RESGATE BUSCAM SOBREVIVENTES DE COLISÃO FRONTAL ENTRE DOIS TRENS, NO SUL DA ITÁLIA, NESTA TERÇA-FEIRA (12) (FOTO: ITALIAN FIREFIGHTER PRESS OFFICE/AP)

G1 SP


Deixe um Comentário