Política

Centrão ameaça não barrar nova denúncia contra Temer

Foto: Lula Marques/PT

Os partidos que compõem o grupo chamado “Centrão” ameaçaram, nesta quinta-feira (10), não barrar uma eventual segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB), segundo informações do jornal Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, os parlamentares querem que o governo redistribua os cargos na administração federal que estão nas mãos dos chamados “infiéis”.

Lideranças do PP e PSD, os dois maiores partidos do bloco, dizem que será muito difícil “segurar” suas bancadas caso o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente uma segunda acusação formal contra Temer, no atual cenário de “desorganização” da base.



Deixe um Comentário