Internacional

Casal morre com 40 minutos de diferença após 69 anos de casamento

Reprodução: Jornal Daily Herald/ Howard Handler
A COMPANHEIRA DE ISAAC, TERESA VATKIN TINHA 89 ANOS E MORREU PRIMEIRO E 40 MINUTOS APÓS A MORTE DA ESPOSA, ISAAC, QUE TINHA 91 ANOS, TAMBÉM MORREU

Um casal morreu após 40 minutos de diferença. Isaac e Teresa Vatkin tinham 69 anos de casamento e no último sábado (27), funcionários do Highland Park Hospital colocaram as camas lado a lado. Os dois respiravam com a ajuda de aparelhos. Ela estava internada e sucumbiu à doença de Alzheimer. Ele, que também estava hospitalizado devido a uma deterioração do estado geral de saúde, também.

Familiares colocaram as mãos dos dois juntas para que pudessem se tocar. “Eu não queria que eles estivessem com medo. Eu pensei que talvez se soubessem que o outro estava lá, isso ajudaria”, disse a neta Debbie Handler.

Teresa, que tinha 89 anos, morreu primeiro. Minutos depois eles separaram as mãos do casal e tiraram ela da sala. 40 minutos após a morte da companheira, Isaac, de 91 anos, também morreu. “O amor um pelo outro era tão forte que eles simplesmente não podiam viver sem o outro”, contou a filha do casal Clara Gesklin durante o funeral.

Não é incomum para casais morrerem em rápida sucessão, ou mesmo familiares próximos. Em situações assim, os casos são chamados de “o efeito de viuvez” ou “síndrome do coração partido”, segundo estudos científicos.

Família e amigos se reuniram na última segunda-feira (22) para relembrar a história de amor do casal. Os dois se encontraram na Argentina e ao se casaram mudaram para os EUA, criando três filhos. Isaac começou abriu um negócio bem sucedido como distribuidor de carne Kosher. Teresa era dona de casa e manicure e os ambos tinham relações íntimas e amorosas com filhos e netos.

Quando Teresa desenvolveu a doença de Alzheimer, Isaac, que estava em 80 anos, aprendeu a usar o computador para que pudesse pesquisar a condição e possíveis curas da doença. Ele estava desesperado para ajudar a esposa. Os membros da família ficaram reconfortados em saber que eles morreram juntos.

As informações são do Jornal Daily Herald!



Deixe um Comentário