Segurança

Bombeiros do RN dão dicas para um carnaval seguro

Carnaval. Tempo de viajar para cidades onde são realizadas festas carnavalescas, para praias, lagoas e parques aquáticos. Mas você só se preocupa em diversão ou tem um comportamento preventivo contra acidentes. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte desenvolverá no período de 10 a 14 de fevereiro, a Operação Carnaval 2018, com o objetivo de assegurar à sociedade potiguar e seus visitantes, proteção pública contra incêndios, acidentes e prevenção aquática nas praias mais movimentadas em todo o Estado.

O Corpo de Bombeiros Militar atuará com 650 militares, ao longo dos dias de festa, espalhados pelas áreas de maior movimento no Rio Grande do Norte. Em Natal, o CBMRN estará nas quatro regiões da cidade, além de equipes de salva-vidas que ficarão nas praias de Ponte Negra, Búzios, Redinha, Praia do Forte, Praia dos Artistas, Praia do Meio,Areia Preta, Tibau do Sul e Pipa. Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó, cidades que todos os anos atraem um grande fluxo de pessoas durante esse período, também receberão efetivos dos Bombeiros. A praia Das Manuela, em Tibau, região Oeste do RN, também contará com equipes de salva-vidas.

“O nosso plano de ação tem previsto o efetivo dividido nas diversas frentes de serviço (combate à Incêndio; salvamento aquático; terrestre e em altura; resgate e vistorias técnicas)”, apontou o subcomandante do CBM, Monteiro Júnior.

Para ter um Carnaval seguro, o Corpo de Bombeiros traz dicas que podem ajudar a população a prevenir acidentes e outros problemas. As sugestões vão desde o momento de sair de casa até o local da festa. A prevenção é a principal ação dos bombeiros e a que mais salva vidas! “Os foliões aos saírem da casa devem tomar todas as medidas de segurança possíveis para evitar acidentes em sua residência, principalmente os relacionados com a rede elétrica ou com o gás de cozinha”, ressalta o coronel Monteiro Júnior.

Aos que tem filhos menores ou pessoas de idade avançada em casa, os bombeiros recomendam não deixá-los sozinhos. Antes de viajar, os bombeiros indicam ao folião que fique atento ao planejamento da viagem, inclusive períodos de descanso. A melhor opção é viajar de dia, em condições de boa visibilidade.

No volante, a recomendação é para o condutor manter sempre a calma e evitar conversas e distrações, jamais se descuidar da sinalização e nunca parar na pista ou trafegar no acostamento. “Aos primeiros sinais de cansaço, o condutor deve parar em lugar seguro para relaxar. Já as ultrapassagens devem acontecer somente em locais permitidos e quando tiver certeza das condições de segurança”, disse o Coronel.

Mas não é só em casa que os cuidados devem ser tomados. No local do carnaval é importante ficar atento. Evitar tumulto. Se estiver em um, afastar-se com cautela, sem correria. É bom evitar a hostilidade com as pessoas, afinal, em locais com muita gente a paciência é fundamental.

O subcomandante dos Bombeiros diz também que se o folião perceber movimento de violência é preciso avisar um agente público de segurança (Polícias civil ou militar, Corpo de Bombeiros). Com as crianças o cuidado deve ser redobrado e a identificação é sempre importante. “É bom colocar uma identificação com o nome da criança, endereço e número de telefone e pendurar em seu pescoço ou colocar como pulseira em seu braço. Se ela se perder é mais fácil ajudar”, comenta o coronel.

E aos que encontrarem alguma criança perdida, ele sugere que seja entregue a um policial ou bombeiro. Os responsáveis por ela podem ter como referência para procura, a delegacia de polícia mais perto local do desaparecimento e, em caso de praia, no posto de salvamento dos Guardas Vidas.

Para ter um carnaval alegre e sem confusão, brincar de forma saudável é a dica mais importante para todos os foliões. “Estamos trabalhando para tornar este carnaval o mais seguro dos últimos anos, mas cabe ao folião fazer a sua parte. Seguindo as dicas de segurança do Corpo de Bombeiros, o folião terá a certeza que vai brincar com tranquilidade e sem supressas desagradáveis”, concluiu o coronel Monteiro.

Dicas de segurança

Ao Sair de Casa:

  • Verifique se o botijão de gás está fechado;
  • Verifique se os aparelhos elétricos estão desligados, inclusive com o cabo de força retirado da tomada, se existir algum que deva permanecer ligado, certifique-se que o mesmo ficará em uma tomada exclusiva, evitando a sobrecarga;
  • Evite deixar crianças menores e/ou pessoas com idade avançada, sozinhas em casa;
  • Se na sua casa estiver sem energia elétrica, e você estiver usando vela ou similar, certifique-se que essas fontes de calor ficarão apagadas;

 

No Local do evento:

  • Ao observar tumulto de pessoas não se aproxime;
  • Se estiver no meio de um tumulto afaste-se com cautela, sem correria;
  • Evite a hostilidade com as pessoas;
  • Ao perceber a formação de vândalos, comunique o mais rápido possível a um agente público de segurança;
  • Se você vai levar criança para o evento, coloque no pescoço dela uma identificação com o nome, o endereço e o nº do telefone;
  • Ao encontrar uma criança perdida leve-a até um agente público de segurança (Policial Militar, Bombeiro Militar …..)
  • Se perder uma criança, procure-a na delegacia mais próxima.
  • Evite usar fogos de artifícios;
  • Ao encontrar alguém caído no chão, informe a um Agente Público de Segurança;
  • Evite usar fantasias que possua partes pontiagudas;
  • Evite aproximar demais do palco;
  • Evite acessar lugares altos (caminhões, árvores, telhados, muros etc.);
  • Evite tocar e ou puxar fios elétricos que estejam estendidos no chão;
  • Se ingerir bebida alcoólica não dirija, se dirigir não beba;

 

Em casos de acidentes de Trânsito:

  • Ao se deparar com acidente mantenha a calma.
  • Sinalize o local (a uma distância de pelo menos 200 m), isso evita outros acidentes.
  • Mantenha a vítima calma e informe-a que o socorro está a caminho.
  • Havendo outros voluntários trabalhe em equipe.
  • Não execute primeiros socorros se você não for treinado, isso pode agravar a situação da vítima.

 

Nos rios, lagoas e balneários

 

  • No barco, caiaque ou lancha, use sempre os equipamentos de segurança. Se o barco virar, você não corre o risco de se afogar.
  • Nunca tire os equipamentos de segurança nem mergulhe em águas desconhecidas.
  • Mantenha distância das pedras escorregadias, pois o que lhe parece bonito e atrativo constitui também um perigo de traumas e afogamento.
  • Nunca entre na água após as refeições. Quando estiver na praia ou pescando num rio, coma somente alimentos leves e beba moderadamente. Dessa maneira, não terá congestão nem perderá o equilíbrio.
  • Não deixe crianças pequenas e que não sabem nadar brincarem sozinhas na praia, na beira de rios, lagos ou piscinas.

Deixe um Comentário