Geral

Após filas, Anac pede que passageiro chegue ao embarque 2h antes do voo

Passageiros enfrentam fila para fazer check-in no aeroporto de Guarulhos

PASSAGEIROS ENFRENTAM FILA PARA FAZER CHECK-IN NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Companhias aéreas haviam aconselhado check-in com 1h30 de antecedência. Filas são por intensificação de inspeção, que começou nesta segunda (18).

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recomendou nesta segunda-feira (18) que os passageiros cheguem aos aeroportos duas horas antes do horário previsto para o voo. A orientação veio após o registro de longas filas nos aeroportos do país provocadas pelaintensificação nas medidas de inspeção.

O maior rigor na inspeção de passageiros e bagagens começou nesta segunda para os voos domésticos – isso já era feito para os voos internacionais. Pela manhã, aeroportos brasileiros registravam longas filas. A mudança, que vale para todos os terminais do país, foi tomada para aumentar a segurança dos viajantes. Ela não tem prazo para acabar.

Confira as perguntas e respostas elaboradas pelo G1 sobre a inspeção nos aeroportos.

As companhias aéreas tinham recomendado aos clientes que a apresentação para o check-in fosse feita com uma antecedência menor, de 1h30 antes do voo.

Em nota divulgada após o meio-dia, a Anac informou que acompanha a adoção dos novos procedimentos e apontou que o aeroporto mais afetado foi o de Congonhas, em São Paulo. Por volta das 8h15, a fila em Congonhas para passar a bagagem pelo raio X chegava ao saguão do aeroporto, próximo à escada rolante. Até as 10h, cinco voos haviam atrasado.

“O órgão regulador está em contato com o operador aeroportuário a fim de identificar problemas e soluções a serem implementadas”, informou a agência reguladora. (Leia a íntegra da nota ao fim da reportagem)

A Anac também pediu a “compreensão” e reforçou que as medidas têm “como único objetivo zelar pela segurança de todos os passageiros e seus familiares no transporte aéreo brasileiro”.

Além de recomendar a chegada ao embarque com duas horas de antecedência, a Anac sugere que os passageiros que possuem notebooks retirem antecipadamente os equipamentos da bagagem de mão para agilizar o procedimento. Além disso, devem ser retirados do corpo cintos, relógios e objetos metálicos, antes da passagem pelo raio X.

“Nesse período de férias e com a proximidade dos Jogos Olímpicos, a demanda pelo transporte aéreo naturalmente aumentará, o que exige organização maior dos operadores aeroportuários e companhias aéreas e a colaboração dos passageiros”, informou a agência.

G1



Deixe um Comentário