Natal

Porto de Natal é o primeiro do Brasil a receber a Fragata “Liberal” após missão no Líbano

APÓS PERMANECER SEIS MESES EM MISSÃO PELA FORÇA INTERINA DAS NAÇÕES UNIDAS NO LÍBANO, FRAGATA DA MARINHA ATRACA NO PORTO DE NATAL

A Fragata “Liberal” da Marinha do Brasil atracou no Porto de Natal, nesta quinta-feira (11), após permanecer seis meses em missão pela Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), onde conduziu operações de interdição marítima a fim de prevenir a entrada de armas não autorizadas no território, bem como qualquer material correlato, além de contribuir para o adestramento da Marinha Libanesa. A capital potiguar foi a primeira parada no Brasil.

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Almirante Elis Treidler Öberg, acompanhou a chegada do navio ao som da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal dando as boas-vindas. Após atracação, o Almirante foi recepcionado pelo Comandante, Capitão de Fragata Cláudio Henrique Teixeira Correia.

Alguns familiares aguardavam o desembarque dos militares que estavam a bordo, entre eles Natália Luna, namorada do Cabo Elielson Glaudeno. “Hoje fazemos dois anos e quatro meses de namoro. Fazia 14 meses que não nos víamos. A saudade é tanta que estou com ansiedade. Apesar de todas as batalhas, o amor sempre prevalece”.

A missão no Líbano ocorreu de 15 de setembro de 2018 a 15 de março de 2019, quando a Fragata “Liberal” foi substituída pela Fragata “União”, também da Marinha do Brasil. Após desatracar do Porto de Beirute, no Líbano, no dia 16 de março, a “Liberal” passou pelos portos de Valência (Espanha), Las Palmas (Espanha), chegando a Natal.

O DIRETOR-PRESIDENTE DA COMPANHIA DOCAS DO RIO GRANDE DO NORTE (CODERN), ALMIRANTE ELIS TREIDLER ÖBERG, ACOMPANHOU A CHEGADA DO NAVIO


Deixe um Comentário