Últimas do FM

Geral

Após críticas, Presidente Michel Temer decide ir à Arena Condá

PRESIDENTE E MINISTROS PARTICIPAM DE CERIMÔNIA COM HONRAS MILITARES. (FOTO: REPRODUÇÃO/TV GLOBO)

PRESIDENTE E MINISTROS PARTICIPAM DE CERIMÔNIA COM HONRAS MILITARES. (FOTO: REPRODUÇÃO/TV GLOBO)

O avião com o presidente Michel Temer pousou no Aeroporto de Chapecó pouco depois das 8h45 deste sábado (3). Antes dele, chegaram autoridades como Leonardo Picciani, ministro do Esporte, e Walter Feldman, da CBF. Michel Temer decidiu ir ao velório coletivo na Arena Condá, segundo o cerimonial da presidência.

“Não poderia dizer ontem que iria ao estádio porque a segurança colocaria pórticos e revistaria as pessoas que entram. Só comuniquei agora para facilitar a vida de todos”, disse Temer para justificar porque confirmou apenas hoje que iria à Arena Condá e não apenas ao aeroporto.

Temer recepcionou, ao lado de ministros e do governador Raimundo Colombo, a chegada dos dois aviões da Força Aérea Brasileira com 50 corpos das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense.

O primeiro avião da FAB, com 23 caixões, chegou aeroporto de Chapecó por volta 9h30. O segundo, com 27 caixões, pouco antes das 9h45.Houve seguida uma cerimônia com honras militares com participação de Temer.

Durante a cerimônia, o presidente iria entregar às famílias a Medalha da Ordem do Mérito Desportivo como reconhecimento do governo federal e do povo brasileiro pelos serviços prestados ao país por todos os que estavam no voo que caiu na Colômbia na madrugada de terça (29), mas este momento foi adiado.

“Foi um trágico acontecimento que abalou o país, abalou o mundo. Quando vejo essa chuva que está caindo aqui acho que é São Pedro chorando pela mortes desses jogadores”, declarou o presidente.

G1 SC

Geral

Arena Condá lotada recebe corpos das vítimas do acidente e agradece apoio

 ARENA CONDÁ RECEBE CORPOS PARA FUNERAL COLETIVO EM CHAPECÓ. (Foto: DANIEL ISAIA/ AGÊNCIA BRASIL)

ARENA CONDÁ RECEBE CORPOS PARA FUNERAL COLETIVO EM CHAPECÓ. (FOTO: DANIEL ISAIA/ AGÊNCIA BRASIL)

A forte chuva que cai em Chapecó na manhã de hoje (3) não espantou o público que aguardou desde cedo a chegada dos corpos das vítimas do acidente aéreo na Colômbia com o time da Chapecoense. Os corpos chegaram por volta das 12h25 ao estádio, depois de um cortejo que percorreu as ruas da cidade. As arquibancadas estão lotadas de torcedores que, emocionados, se abrigam debaixo de capas e guarda-chuvas.

Em várias partes do estádio que recebe o funeral coletivo vê-se faixas em agradecimento ao povo da Colômbia, país onde ocorreu o acidente e que prestou o atendimento e o resgate das vítimas. Na última quarta-feira (30), uma cerimônia muito emocionante em homenagem às vítimas foi realizada no estádio de Medellín, exatamente no horário em que seria disputada a final da Copa Sul-Americana.

Alguns torcedores levaram à Arena Condá, inclusive, a bandeira colombiana. “Colombia, gracias por todo”, é o que diz uma das faixas. Outra, em inglês, diz “A todo mundo, o que nos resta é agradecer”.

“O carinho que eles [colombianos] tiveram com todo o povo chapecoense, com todos os brasileiros, foi muito comovente. Por mais que a gente queira demonstrar o quanto estamos gratos, não há palavras para dizer o quanto estamos hornados por tê-los como irmãos, vizinhos. Eu acho que Deus colocou uma nação muito nobre, muito educada e cheia de princípios para ensinar para todo mundo a fraternidade e a solidariedades. Esses professores são os colombianos”, disse Gustavo Braun, corretor de seguros que levava uma das faixas.


Natal

Redinha recebe 1º Festival da Ginga neste sábado

 PROJETO DA PREFEITURA DO NATAL VEM SENDO EXECUTADO PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO (SETUR), INSERIDO NO “NATAL EM NATAL.(DIVULGAÇÃO)


PROJETO DA PREFEITURA DO NATAL VEM SENDO EXECUTADO PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO (SETUR), INSERIDO NO “NATAL EM NATAL.(DIVULGAÇÃO)

O projeto “Nossa Orla” chega pela primeira vez à praia da Redinha neste sábado (3), a partir das 8h até às 13h. O projeto da Prefeitura do Natal que vem sendo executado pela secretaria municipal de Turismo (Setur), inserido no “Natal em Natal” leva à praia da Redinha uma programação diversificada de ações sociais, cultura e lazer.
Na praia acontece a exposição fotográfica do workshop de fotografia que aconteceu no dia 19 de novembro, na abertura do projeto. Simultaneamente, no Mercado da Redinha, o fotógrafo Cláudio Abdon também expõe o seu trabalho sobre a Redinha.
A grande novidade do sábado é o 1º Festival Gastronômico da Ginga. A “ginga com tapioca” já virou tradição na capital potiguar e o berço desse saboroso prato é a praia da Redinha, por isso, os comerciantes locais aceitaram o desafio e elaboraram 18 diferentes pratos, todos tendo a ginga como carro chefe e estarão à venda durante todo o dia. Também haverá degustação da cachaça Maria Boa, de Goianinha.
Os estudantes das Escolas Municipais Professora Noílde Ramalho e Nossa Senhora dos Navegantes participam do projeto com coral, dança e grupo de flauta. A orquestra filarmônica Reis Magos, de Pium, também se apresenta durante a programação. O grupo de artesãs da terceira idade faz apresentação do pastoril e a música fica por conta de Moab Alex, Grupo Pagode, Maestro Neemias e encerrando a programação cultural, Flávio Show com o seu forró pé-de-serra.
A secretaria municipal de Saúde (SMS) estará no local realizando teste de glicemia e verificação da pressão arterial. A secretaria municipal de Mobilidade Urbana (STTU) fará o ordenamento do trânsito e brincadeiras educativas. A Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) participa do projeto garantindo a limpeza e preservação do local e a ONG “Amigos da Praia”, juntamente com o conselho comunitário e a UFRN promovem um mutirão de limpeza na praia. A operadora de telefonia Claro que apoia o projeto, estará com um estande de vendas e panfletagem e também fará distribuição de brindes.
Novo Jornal

Variedades

Segunda noite do #Carnatal26 teve 7h de Vumbora!; Largadinho, Me Abraça e Swingaê tiveram 6h de festa

 INCIDENTE NO TRIO DE BELL AMPLIOU APRESENTAÇÕES DE CLAUDINHA, DURVAL, LÉO SANTANA E DO PRÓPRIO BELL QUE SÓ PAROU DEPOIS DE 7H DE PERCURSO

INCIDENTE NO TRIO DE BELL AMPLIOU APRESENTAÇÕES DE CLAUDINHA, DURVAL, LÉO SANTANA E DO PRÓPRIO BELL QUE SÓ PAROU DEPOIS DE 7H DE PERCURSO

A segunda noite do Carnatal 2016 foi um teste de resistência para os foliões. Isto porque o trio elétrico do bloco Vumbora!, o primeiro a sair da concentração às 18h30, apresentou problema no freio do trio logo na primeira volta do circuito, o que levou os blocos da segunda noite do Carnatal 2016 a fazerem o percurso da folia em 5 horas e até 7h de festa, quando o normal são de 3h30 a 4h de festa ao longo do percurso de 3 quilômetros, sendo 350 metros de corredor da folia.

CANTOR BELL MARQUES PUXOU O BLOCO VUMBORA. (DIVULGAÇÃO)

CANTOR BELL MARQUES PUXOU O BLOCO VUMBORA. (DIVULGAÇÃO)

“É a primeira vez que isto acontece comigo em 36 anos puxando trio elétrico. Vamos dar uma parada aqui, peço a compreensão de vocês e daqui a pouco a gente volta”, comunicou o vocalista Bell Marques aos foliões do Vumbora!, que compreenderam a situação enquanto o conserto durou cerca de 45 minutos, que em efeito cascata segurou os demais blocos, mas sem que seus vocalistas deixassem de cantar e tocar, pois já haviam iniciado seus percursos, saindo da concentração para a primeira volta.

Apesar do incidente, Bell não perdeu a simpatia com o público. “Foram sete horas de percurso e vocês foram maravilhosos. Batemos um recorde no Carnatal”, disse Bell aos foliões do bloco Vumbora! ao final de uma verdadeira maratona ao longo do circuito da folia, pois seriam os primeiros a finalizar o percurso e terminaram sendo o último bloco da noite.

Com o circuito paralisado para o conserto do trio do bloco Vumbora!, a produção do #Carnatal26 inverteu o sentido do acesso ao Corredor da Folia para o bloco Largadinho, puxado por Claudinha Leitte. Que entrou arrepiando para fazer a festa de seus 15 anos em 26 de Carnatal, pelo setor das arquibancadas.

Claudia Leitte ganhou um bolo temático dos fãs no camarim, além de um bandeirão estendido durante a passagem pelo corredor da folia. “Nunca vou esquecer a primeira vez que subi no trio aqui. Vocês não imaginam o quanto o Carnatal é importante para mim”, contou a cantora. A baiana trouxe os grandes sucessos da carreira, composta por nove álbuns desde o início do projeto solo. Os hits “Extravasa”, “Matimba” e “Dekolê” agitaram a noite.

O público foi a loucura com uma Claudinha Leitte, que usou um vestido laranja, esbanjou sensualidade com as pernas à mostra e as danças ousadas.  A festa pegou fogo no setor de camarotes, arquibancadas e Camarote Skol. Claudinha enveredou pelo funk e forró, pois teve que tocar por mais de 5 horas seguidas devido ao problema do trio do Vumbora!, ampliando o seu já eclético repertório.

 DURVAL LELYS ANIMANDO A TURMA DO BLOCO ME ABRAÇA. (DIVULGAÇÃO)

DURVAL LELYS ANIMANDO A TURMA DO BLOCO ME ABRAÇA. (DIVULGAÇÃO)

Com o problema do trio do Vumbora! normalizado, o circuito retomou o seu sentido normal com acesso pelo setor de Camarotes particulares, com o ingresso de Durval Lelys ao Corredor da Folia animando a turma do Me Abraça.  Canções como “Quebra Aê”, “Vale Night” e “Ti pan pan” transformaram a festa em um verdadeiro “Reino da Folia”. E “Durvalino”, que  comemora 59 anos no dia 6 de dezembro, foi festejado pelos fãs, que cantaram os parabéns antecipadamente durante o percurso do bloco. Ao final de quase 6 horas puxando o trio do bloco Me Abraça Durval mostrou vigor e entusiasmo ao convidar sua galera para hoje, sábado (3), sair a partir das 19h para a segunda grande noite do bloco.

CANTOR LÉO SANTANA COMANDOU A FSTA NO BLOCO SWINGAÊ.(DIVULGAÇÃO)

CANTOR LÉO SANTANA COMANDOU A FSTA NO BLOCO SWINGAÊ.(DIVULGAÇÃO)

Na sequência vaio o cantor Léo Santana puxando o Swingaê. Com o repertório focado no trabalho “Baile da Santinha”, o vocalista enlouqueceu os fãs com os hits “Um tal de toma”, “Deboche” e “Abana”, que foi sucesso na edição 2015 do Carnatal. Assim como fez na quinta-feira (1), quando cantou no Camarote Skol, Léo apostou na mistura de ritmos e mostrou que está antenado com os sucessos do sertanejo, forró e funk.

Após 7 horas de percurso o bloco Vumbora! entrou para os últimos 350 metros  de Corredor da Folia por volta da 1h da madrugada desta sábado. Nem Bell, nem os foliões demonstraram cansaço. O cantor fez uma volta recheada de seus grandes sucessos: “Cabelo Raspadinho”, “Cara, Caramba”, “Vumbora”, numa sequência de tirar o fôlego, para finalizar com o hit, “Diga que Valeu”. “Valeu demais”, cantou o folião do Vumbora! numa noite memorável.

 Palco Skol e Camarote

Na Arena Carnatal, a animação da noite teve a presença da Banda Eva, liderada pelo vocalista Felipe Pezzoni. À frente do grupo baiano desde 2013, o cantor agitou o público e consagrou o encerramento da sexta-feira, já na madrugada deste sábado (3), às 2h30. Os foliões cantaram os grandes sucessos da banda, como “Vem, meu amor”, “De ladinho” e “Pequena Eva”, que tomou o vocalista de emoção em palco.

NA ARENA CARNATAL, A ANIMAÇÃO DA NOITE TEVE A PRESENÇA DA BANDA EVA, LIDERADA PELO VOCALISTA FELIPE PEZZONI.

NA ARENA CARNATAL, A ANIMAÇÃO DA NOITE TEVE A PRESENÇA DA BANDA EVA, LIDERADA PELO VOCALISTA FELIPE PEZZONI.

Já no Camarote Skol, a dupla Rafa e Pipo Marques mostrou um perfil eclético e sacudiu os foliões. No palco, músicas como “Se não puder voar”, “Se você fosse um peixinho” e a mais recente “Tô de boaça”, gravada no primeiro DVD da dupla, que contou com a participação de Wesley Safadão.

NO CAMAROTE SKOL, A DUPLA RAFA E PIPO MARQUES MOSTROU UM PERFIL ECLÉTICO E SACUDIU OS FOLIÕES.

NO CAMAROTE SKOL, A DUPLA RAFA E PIPO MARQUES MOSTROU UM PERFIL ECLÉTICO E SACUDIU OS FOLIÕES.

“Nos apresentamos quinta e hoje (sexta-feira), mas vamos cantar amanhã (sábado) no Palco Skol e no domingo vamos nos encontrar com o Safadão, que é nosso amigo. Vamos para o trio dele”, revelou Pipo, ao relatar sobre a parceria com o fenômeno do forró, que se apresenta no domingo de Carnatal, no bloco Vai Safadão.

macondo propaganda
Esporte

Por Chapecoense, torcida do Inter ‘esquece’ Série B e protesta contra diretoria

 FAIXA NO TREINO DO INTER PROTESTOU CONTRA A DIRETORIA

FAIXA NO TREINO DO INTER PROTESTOU CONTRA A DIRETORIA

A torcida do Internacional se revoltou com todas as declarações que a diretoria do clube vem dando nos últimos dias. Sem se importar com um possível rebaixamento à Série B, os torcedores levaram uma faixa ao treino deste sábado, pediram para que o presidente Vitório Píffero se calasse e manifestaram todo o seu apoio à Chapecoense.

“Força, Chape. Clube grande, diretoria pequena. Na A ou na B estaremos contigo. Cala-te, Píffero”, dizia a faixa estendida ao lado do campo.

Toda a revolta com o Internacional começo na quarta-feira, quando o vice de futebol colorado Fernando Carvalho comparou a tragédia da Chapecoense com a ‘tragédia particular’ do Inter e disse que o clube seria prejudicado pelo adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois, o próprio Carvalho tentou se desculpar. O presidente Vitória Píffero também se manifestou e falou em não jogar a última rodada – contando com o apoio público dos jogadores colorados. O problema é que ele mesmo sinalizou para um ‘campeonato incompleto’, o que poderia acabar salvando o Inter.

“O sentimento é que não poderia mais ter futebol em 2016. Mas, evidentemente, ficamos sujeitos às ordens da CBF. A proposta é não ter mais futebol em 2016. Como fazer, o que fazer, eu não sei. Essa proposta é por absoluta falta de condições emocionais”, começou.

“Não estou abrindo mão de nada, estou colocando um sentimento. O campeonato estaria incompleto”, completou, dizendo que não abriria mão da permanência na primeira divisão.

Nesta sexta, os mesmos jogadores vieram à público de novo para tentar esclarecer que a posição deles não é essa e até ‘aceitaram’ o rebaixamento caso a última rodada da competição não fosse disputada.

Ainda não há nenhuma definição oficial sobre o que vai acontecer. Por enquanto, a última rodada do Campeonato Brasileiro está marcada para o dia 11 de dezembro.

O Inter, que duelaria ainda com o Fluminense, é hoje o primeiro time dentro da zona de rebaixamento, com dois pontos de desvantagem para o Sport, seu principal rival contra a degola. Os colorados, portanto, não dependem apenas de si para se salvarem.

Paralelamente a tudo isso, o Inter ainda protocolou no STJD um recurso para tirar pontos do Vitória, por escalação irregular do zagueiro Victor Ramos.

ESPN


Política

Senadores citam ‘constrangimento’ por Renan ter virado réu no STF

 O PRESIDENTE DO SENADO ESTÁ SENDO ACUSADO PELO CRIME DE PECULATO, OU SEJA, POR DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO

O PRESIDENTE DO SENADO ESTÁ SENDO ACUSADO PELO CRIME DE PECULATO, OU SEJA, POR DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) tornar réu o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), alguns parlamentares ouvidos pelo G1 citaram “constrangimento” com a situação. Outros, porém, afirmaram que o assunto é “privado”.

Na quinta (1º), por 8 votos a 3, os ministros do STF aceitaram parte da denúncia oferecida pelo Ministério Público e decidiram abrir uma ação penal contra o presidente do Senado pelo crime de peculato, ou seja, por desvio de dinheiro público. Renan é acusado de destinar, em 2005, parte da verba indenizatória do Senado para uma locadora que, segundo o Ministério Público, não prestou os serviços.

O senador, por sua vez, diz que a denúncia é “recheada de falhas” e vai provar a inocência dele no caso.

O que dizem os senadores
Para Lasier Martins (PDT-RS), o episódio envolvendo Renan Calheiros “agrava o constrangimento” do Legislativo.

“Passamos a ser presididos por um senador réu em um processo criminal. Não há muito o que fazer porque Renan está no final do mandato de presidente. Então, acho que essa situação constrangedora será aceita por serem poucos dias”, afirmou o parlamentar .

Na mesma linha, o líder do PPS, Cristovam Buarque (DF), disse que a confiança da população no Senado ficou “abalada” após a decisão do Supremo, ainda que o processo ainda não tenha sido concluído – Renan ainda será julgado.

“[O fato de Renan ser réu] afeta a credibilidade da Casa. Não é um assunto pessoal. Uma pessoa que é presidente do Congresso, o segundo na linha de sucessão [da Presidência]. […] Não se trata de um assunto pessoal, pois, nesses casos, os assuntos repercutem na República inteira”, declarou.

Ao G1, a assessoria do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), informou que a bancada discutirá a situação de Renan Calheiros nesta segunda (5). Na reunião, os petistas deverão decidir se pedem ou não a renúncia do peemedebista do cargo de presidente do Senado.

‘Questão pessoal’
O líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), por sua vez, avaliou que a situação de Renan no Supremo Tribunal Federal não atinge os demais senadores.

“É uma questão pessoal. Cabe a ele [Renan, apresentar] a defesa, e não ao Senado. Evidente que não é uma coisa boa, mas os senadores não se sentem atingidos porque a denúncia se dirige a Renan”, disse.

Na avaliação do líder do PSDB, Paulo Bauer (SC), disse que o assunto é “privado” e, além disso, o partido só se manifestará sobre uma eventual saída do peemedebista do comando do Senado quando o Supremo decidir se réus podem ocupar cargos na linha sucessória da Presidência da República .

Da mesma forma, o presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN), afirmou que o episódio “não desmoraliza” o Senado. Além disso, acrescenta, Renan está no fim do mandato de presidente da Casa (um novo presidente será eleito em 1º de fevereiro).

“Não há nenhuma regra que o obrigue a deixar a presidência do Senado, e ele está no fim do mandato. Cabe a ele decidir se sai ou não, se ele se sente confortável para continuar”, disse.

G1 Brasília

Polícia

Agência do Banco do Brasil é arrombada na Zona Sul de Natal

CRIMINOSOS DEIXARAM PARA TRÁS MATERIAL USADO NO ARROMBAMENTO (FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR DO RN)

CRIMINOSOS DEIXARAM PARA TRÁS MATERIAL USADO NO ARROMBAMENTO (FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR DO RN)

Criminosos arrombaram a agência do Banco do Brasil localizada na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em Capim Macio, na Zona Sul de Natal, na madrugada deste sábado (3).

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 3h e o alarme da agência não foi acionado.Os criminosos deixaram no local as ferramentas utilizadas no arrombamento e fugiram em um Corolla branco.

No início da manhã deste sábado uma equipe da empresa de segurança privada contratada pelo banco esteve na agência. Pelo menos um dos caixas eletrônicos da agência foi violado pelos criminosos. O montante roubado não foi divulgado.

G1 RN

Geral

ABC e América enviarão representantes para velório de Gil, em Nova Cruz

GIL NASCEU EM SANTO ANTÔNIO, A 80 QUILÔMETROS DE NATAL, MAS VIVEU TODA A INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA EM NOVA CRUZ

GIL NASCEU EM SANTO ANTÔNIO, A 80 QUILÔMETROS DE NATAL, MAS VIVEU TODA A INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA EM NOVA CRUZ

ABC e América irão enviar representantes para o velório e sepultamento do jogador Gil, que está previsto para acontecer neste domingo (4) na cidade Nova Cruz, a 90 quilômetros de Natal.
O vice-presidente de futebol do ABC, Leonardo Arruda, irmão do prefeito de Nova Cruz Cid Arruda Câmara, será o representante do alvinegro na cerimônia. Já o assessor de comunicação do América, Canindé Pereira, é quem representará o alvirrubro na despedida do jogador de 29 anos.
A Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF) também enviará um representante para o velório, o presidente em exercício da entidade, Orlando Caldas. José Vanildo, presidente da FNF, comunicou que cumpre agenda em Salvador e, por isso, não poderá participar da cerimônia.
Gil é uma das 71 vítimas fatais do acidente envolvendo o avião que levava o time da Chapecoense para a cidade de Medellín, na Colômbia, onde o time catarinense enfrentaria o Atlético Nacional, pela final da Copa Sul-Americana. Além dos jogadores, dirigentes, membros da comissão técnica, jornalistas e tripulantes da aeronave também faleceram em função da queda.
Gil construiu toda a sua carreira profissional fora do Rio Grande do Norte. O volante ganhou visibilidade nacionalmente em 2010, quando fez parte da equipe do Santo André, vice-campeã paulista. De lá, Gil se transferiu para a Ponte Preta e depois para o Coritiba, onde atuou por quatro temporadas. Desde 2014, ele jogava pela Chapecoense. O vínculo do jogador com o time de Chapecó duraria até 2018.
Novo Jornal
macondo propaganda
Geral

Familiares recebem corpos de vítimas no aeroporto de Chapecó

CAIXÕES DAS VÍTIMAS SENDO DESEMBARCADOS. (REPRODUÇÃO/SPORTV)

CAIXÕES DAS VÍTIMAS SENDO DESEMBARCADOS. (REPRODUÇÃO/SPORTV)

O primeiro avião Hercúles da Força Aérea Brasileira (FAB) com corpos dos mortos em acidente aéreo em Medellín pousou às 9h30 deste sábado (03), no aeroporto de Chapecó. A segunda aeronave pousou exatos 15 minutos depois. Parentes das vítimas estão no local para receber os corpos e também receberem homenagens do presidente Michel Temer.

Os caixões com as vítimas do acidente são recebidos com honras militares e os parentes das vítimas aplaudem cada um que passa.

Muito emocionados, eles se abraçam e choram bastante no desembarque dos caixões. O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, foi o primeiro a desembarcar do avião e abraçou conhecidos.

A programação inicial era de que três Hércules seguiriam para Chapecó com corpos de vítimas. No entanto, os caixões foram reacomodados em Manaus e apenas dois seguiram para a cidade catarinense.

Um corredor com militares, todos em posição de sentido, foi formado com uma estrutura para que os corpos sejam desembarcados dos aviões.

A presidência da república e outras autoridades estão em uma tenda ao lado da dos familiares. Emocionados, os familiares aguardam o desembarque.

Uol


Educação

Enem é aplicado neste final de semana para mais de 277 mil candidatos

ESTUDANTES CHEGAM À UNIVERSIDADE 9 DE JULHO (UNINOVE) PARA O SEGUNDO DIA DE PROVAS DO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO (ENEM). (FOTO: ROVENA ROSA)

ESTUDANTES CHEGAM À UNIVERSIDADE 9 DE JULHO (UNINOVE) PARA O SEGUNDO DIA DE PROVAS DO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO (ENEM). (FOTO: ROVENA ROSA)

Neste sábado (3) e domingo (4), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado para 277.624 candidatos que não puderam fazer a prova na primeira aplicação, nos dias 5 e 6 de novembro. As provas serão aplicadas em todas as unidades da federação, menos em quatro estados: Roraima, Acre, Amazonas Amapá. A maior parte desses alunos teve as provas adiadas em função da ocupações que ocorreram em escolas e universidades públicas do país no mês de novembro.

O esquema da segunda aplicação será semelhante ao da primeira. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia, os candidatos terão quatro horas e 30 minutos para responder a 90 questões das áreas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia serão cinco horas e 30 minutos para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Os locais de prova estão disponíveis na página do Participante e no aplicativo do Enem, nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

O candidato deve levar um documento original com foto válido e caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. É proibida a utilização de qualquer equipamento eletrônico. Celulares devem ser desligados e colocados dentro de em embalagem porta-objetos  fornecida pelo aplicador.

Segunda aplicação

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ao todo, as provas serão aplicadas em 165 municípios e 418 locais de prova. Do total de candidatos que fará a segunda aplicação, a maior parte (98,52%) não pode fazer o Enem regular por causa das ocupações, que ocorrem em escolas, universidades e institutos federais durante o mês de novembro. Outros 4.103 (1,47%) foram afetadas por contingências como a interrupção do fornecimento de energia elétrica em locais de aplicação.

Minas Gerais tem o maior universo de inscritos para a segunda aplicação: 72.302 pessoas. Outras unidades federativas que se destacam são Paraná (43.617), Bahia (37.927), Espírito Santo (23.486), Pernambuco (17.155) e Rio de Janeiro (16.451). No Acre, Amazonas, Amapá e Roraima não haverá segunda aplicação.

As provas serão diferentes daquelas aplicadas no início do mês de novembro, mas manterão o mesmo nível de dificuldade, o que, de acordo com o Inep, garantirá a isonomia entre os candidatos. O resultado do Enem será divulgado para todos os participantes no dia 19 de janeiro.

Agência Brasil

macondo propaganda
Geral

Comissária desabafa e defende piloto morto: “Por que não parar de culpar?”

EM TEXTO PUBLICADO EM PORTUGUÊS, A BOLIVIANA DESABAFOU E PEDIU PARA QUE "MICKY", COMO ELA O CHAMAVA, NÃO SEJA JULGADO.

EM TEXTO PUBLICADO EM PORTUGUÊS, A BOLIVIANA DESABAFOU E PEDIU PARA QUE “MICKY”, COMO ELA O CHAMAVA, NÃO SEJA JULGADO.

Um dos seis sobreviventes da tragédia do avião da Chapecoense, a comissária de bordo Ximena Suarez usou seu Facebook para defender o piloto e amigo Miguel Quiroga, que também era dono da companhia Lamia. Em texto publicado em português, a boliviana desabafou e pediu para que “Micky”, como ela o chamava, não seja julgado.

– Este piloto para mim morreu como um herói sim. E não digo isso só porque ele tem a mesma nacionalidade que eu no sangue, mas sim porque ele ainda permitiu que os outros tripulantes pudessem ter um enterro digno e suas famílias possam dar um último adeus a eles da forma que realmente merecem – escreveu Ximena, que contou com tradução em português.

– Por que apontar o dedo sem olhar e imaginar que ele como todos os seres humanos normais são defeituosos? Por que não te calas? Por que não parar de culpar? Para com isso! Pensa – desabafou Ximena, que ainda está sob cuidados médicos num hospital em Medellín.

Confira o texto completo logo abaixo:

“Ajuda-me a #compartilhar!
É fácil julgar! Linda imagem!
Então hoje o piloto se tornou o vilão.
Então hoje o piloto tornou-se o assassino.
Então hoje é culpa do piloto.
Então hoje o piloto era o pão duro.
Então hoje o piloto ficou irresponsável.
São tantas as culpas que este piloto ‘ hoje traz, depois de ontem ter continuo honrado como um herói!
Ontem era o homem, era o melhor, era o monstro, o super, o admirado por todos né? A verdade é que nunca estamos satisfeitos, a verdade é que sempre preferimos julgar, a verdade é que nunca deixamos de ir pela cabeça dos outros.
Minha gente este pobre homem também morreu, não saiu ileso, não sobreviveu para voltar para sua casa ou simplesmente nos contar a sua versão sobre o fato ocorrido, porque julgar tanto alguém que não pode se defender? Porque magoar tanto a sua família com comentários desnecessários e dolorosos?
Porque apontar o dedo sem olhar e imaginar que ele como todos os seres humanos normais são defeituosos? Porque não te calas? Por que não parar de culpar? Pára com isso! Pensa.
Desde quando a notícia deste grave acidente, foi confirmado que estamos a ver homenagens, textos de reflexão sobre a vida ou sobre os nossos comportamentos, desde ontem estamos recebendo imagens ou vídeos que tentem fazer-nos mudar a nossa forma de agir e de pensar, e nós ao em Vez de tentar amadurecer com a dor, simplesmente nos tornamos piores, pois julgamos sem saber, nós sem verdades, estudamos coisas sem pensar. Será que tudo isto que aconteceu não doeu? Não te fez refletir? Não te vez ver a vida de outra maneira? Por favor! Vamos respeitar, vamos ter compaixão, procuremos entender, vamos crescer em pensamentos e atitudes.
Como eu disse em um post ontem, Deus não permite que nenhuma folha cai de uma árvore sem ter um motivo, pois bem! Infelizmente a vida não é eterna, infelizmente, não podemos desviar da rota final que todos teremos um dia, infelizmente, todos nós somos passageiros da nave a bordo chamado vida. Infelizmente, quando chega a hora não tem como fugir dela. Assim que, se o piloto foi ou não culpado aprende a calar a boca, aprenda a respeitar porque nem sequer vivo está. Este homem tinha sonhos, metas, tinha família, tinha filhos, amigos, este homem amava o que fazia e lutou muito para poder dar o seu nome e fazer história na aviação boliviana. Nada disso foi em vão, tudo na vida tem um motivo e um porque, e nós não podemos fazer nada.
Este piloto para mim sim morreu como um herói, e não digo isso só porque ele tem a mesma nacionalidade que eu no sangue, mais sim porque ele ainda permitiu que os outros tripulantes pudessem ter um enterro digno e suas famílias possam dar um último adeus A eles da forma que realmente merecem.
Este piloto tem o meu respeito e sinceramente este piloto não morreu só hoje voa mais alto e sobre o equipamento que ela levava rumo a conquistar um título tão sonhado estão subindo sim a série, sério para o céu, rumo ao time de Deus! Micky Quiroga.
#Chapecoensesubindoaserie
#Chegandoaoceu
#Mickynaomorreusoaprendeuavoarmaisalto
#Deusosrecebaemsuasantagloria”

Globo Esporte

Segurança

Homem tenta furar blitz e bate em carro da operação Lei Seca em Natal

AO TENTAR FUGIR DA BLITZ, HOMEM ACABOU BATENDO EM CARRO DA OPERÇÃOA LEI SECA (FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR DO RN)

AO TENTAR FUGIR DA BLITZ, HOMEM ACABOU BATENDO EM CARRO DA OPERÇÃOA LEI SECA (FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR DO RN)

Um homem tentou furar a blitz da Lei Seca na madrugada deste sábado (3) e acabou batendo no carro dos policiais em Natal. A blitz aconteceu na saída do túnel da Rua Raimundo Chaves, em Candelária. Ao todo, 58 autuações foram feitas e 7 pessoas foram presas em flagrante por dirigir sob efeito de álcool.

O motorista que tentou furar a blitz foi levado para a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal onde foi autuado em flagrante e liberado após pagar fiança de R$ 3 mil. O valor da multa por dirigir sob efeito de álcool é de R$ 2.934,70.

G1 RN

macondo propaganda