Últimas do FM

Cultura

Balé do Sesc celebra 30 anos com espetáculo inspirado n’O Quebra-Nozes

Foto: Ebenézer Nóbrega

A magia do Natal, 324 bailarinas e uma plateia lotada. Assim foi a apresentação de fim de ano das turmas de balé do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), realizada na noite da última terça-feira, 21 de novembro, no Teatro Riachuelo. O espetáculo Uma Festa de Natal foi adaptado d’O Quebra-Nozes, peça de balé clássica do compositor russo Tchaikovsky. Desta vez, a apresentação foi ainda mais especial, já que o balé da instituição integrante do Sistema Fecomércio está completando 30 anos de existência.

As alunas de balé do Sesc, em idades que variam entre 4 e 17 anos, demonstraram que aprenderam muito bem o que foi repassado em sala de aula durante o ano pelas três professoras da instituição, Micheline Pereira, Rosimere Pereira e Verônica Félix. Mas, este ano, o desafio foi ainda maior, tanto pela inspiração em um clássico do balé mundial quanto pela celebração de 30 anos da modalidade cultural oferecida pela instituição.

“O espetáculo Uma Festa de Natal tem grande dimensão artístico-social. Oportuniza o acesso à cultura, especialmente por se tratar de uma peça de balé baseada em um clássico, e promove a interação entre nossas bailarinas e as suas famílias. Para nós, é emocionante ver o produto de uma de nossas atividades tão bem trabalhado e com tanta qualidade”, ressaltou o diretor regional do Sesc, Nivaldo Pereira.

Para Iasmin da Cruz, 16, a apresentação foi ainda mais especial: ela foi escolhida para ser Clara, a protagonista. “Clara é muito sonhadora. Desde que iniciei no balé, sempre fui muito esforçada e sonhadora também. Clara combina comigo, acho que por isso fui escolhida. Estou muito feliz por isso.”, conta a bailarina, que começou a fazer balé no Sesc Zona Norte aos 7 anos de idade. “Considero o balé do Sesc um lugar muito acolhedor. Você se sente mesmo como em uma família. As salas são todas climatizadas, é muito aconchegante. Toda a equipe contribui para o bem estar de todos”, complementou Iasmin.

Foto: Ebenézer Nóbrega

Sobre o espetáculo

Uma Festa de Natal é uma adaptação livre permeada por diversas simbologias natalinas, como o Papai Noel, o Menino Jesus em sua manjedoura e os três Reis Magos. Clara, na festa de Natal em sua casa, ganha do seu Tio, o Sr. Fritz, um boneco quebra-nozes, que depois se transforma em humano. A dupla então embarca em uma viagem mágica para conhecer o verdadeiro significado do Natal.

O espetáculo será apresentado novamente dia 15 de dezembro, às 18h, no Sesc Zona Norte. O evento será aberto ao público e terá entrada gratuita.

Sobre o balé no Sesc

As aulas de balé começaram no então Sesc Centro em 1987 com um número limitado de alunas. Hoje, dispõe de cerca de 340 vagas nas unidades Sesc Cidade Alta e Sesc Zona Norte, ambas em Natal. As aulas são voltadas a crianças a partir dos 4 anos de idade (baby class) e vão até o 5º ano, composto por jovens com até 17 anos.

As vagas são sempre prioritárias para dependentes de comerciários, e os valores subsidiados das mensalidades variam conforme a categoria no cartão de associado Sesc. As matrículas 2018 para veteranos(as) acontecerão em janeiro e, para novatos (as), terão início em fevereiro. Para mais informações, basta ir à central de relacionamento das unidades ou entrar em contato pelos telefones (84) 3214-7350 (Zona Norte) ou (84) 3133-0360 (Cidade Alta).

Política

Maia pede mais diálogo com parlamentares antes de votar reforma da Previdência

Para Rodrigo Maia, a reforma da Previdência é um tema polêmico e não pode haver precipitação. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A participar hoje (22) da abertura do seminário de amizade Brasil-Itália, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a necessidade de o governo dialogar mais com parlamentares antes de fixar uma data para colocar em votação a reforma da Previdência na Casa.

“A gente não deve precipitar data se não tivermos clareza dos votos. Esse é um trabalho difícil. Sabemos que a Previdência é um tema muito polêmico, um mito. Então, temos de ter muita paciência e cuidado, porque é uma votação muito importante para o Brasil. Não podemos correr nenhum risco. Precisamos esclarecer a sociedade como estamos tentando fazer”, disse o presidente da Câmara.

Maia afirmou que a reforma previdenciária vai corrigir uma distorção que hoje penaliza os mais pobres em favor dos que ganham mais. Ele citou como exemplo o caso de funcionários públicos que se aposentam com pouco mais de 50 anos de idade ganhando cerca de R$ 30 mil.

Rodrigo Maia destacou que, mesmo que os servidores tenham direito, esse desequilíbrio precisa ser corrigido.

“Precisamos acabar com essa sangria, onde a distorção do sistema transfere anualmente dos que ganham menos para os que ganham mais. É o maior programa de transferência de renda do mundo. Os mais pobres financiam a Previdência dos mais ricos. Essa é a principal distorção do sistema e precisa ser resolvida”, acrescentou Maia.

De acordo com o presidente da Câmara, se atual administração não acabar com essa distorção “os futuros governos serão obrigados a cortar salários e aposentadorias ou a inflação acabará tirando o valor do salário dos brasileiros”.

Conforme Rodrigo Maia, a Previdência consome hoje mais de 40% dos gastos dos estados.

Governo

Temer dá posse a novo ministro das Cidades; Imbassahy permanece no cargo

Deputado Antonio Imbassahy (BA) e presidente Michel Temer

O presidente Michel Temer dará posse daqui a pouco ao novo ministro das Cidades, deputado Alexandre Baldy (GO), em substituição ao deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), que deixou o cargo na última semana.

Ao contrário das especulações de que, na mesma solenidade, seria empossado um novo secretário de Governo – o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) – em substituição ao atual, o ministro Antônio Imbassahy (PSDB-BA), o secretário de Comunicação da Presidência da República, Márcio de Freitas, desmentiu o fato e afirmou que “conversas acontecem, mas o ministro continua no cargo”.

Mais cedo, foi noticiado na imprensa que Temer havia escolhido Marun para assumir a Secretaria de Governo, responsável pela articulação política do governo com os parlamentares.


Geral

Com estrutura e capacidade de atendimento duplicadas, Sesc Mossoró será reinaugurado no próximo dia 30

Maior intervenção na estrutura desde a inauguração da unidade representou investimentos da ordem de R$ 30 milhões

Maior unidade do Sistema Fecomércio em espaço físico no Estado, erguida na década de 1970 graças ao empenho do então presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), empresário potiguar Jessé Freire, o Sesc Mossoró será reinaugurado no próximo dia 30 de novembro. Após pouco mais de dois anos de obra e um investimento total de cerca de R$ 30 milhões (incluindo equipamentos), a estrutura irá duplicar sua área construída e sua capacidade de atendimento, ganhando, entre outras coisas, uma nova Escola Sesc, Clínica Odontológica, Restaurante, Ginásio, Campo de Futebol e Parque Aquático.

O espaço agora terá ações e atividades em todos os eixos desenvolvidos pelo Sesc: Cultura, Educação, Lazer, Saúde e Assistência, sendo a unidade mais completa do Rio Grande do Norte.  A área construída passou de 5 mil m2 para mais de 10 mil m2. Apenas durante as obras, que geraram 350 empregos diretos e indiretos, o funcionamento da unidade aconteceu normalmente sem perdas aos comerciários e seus dependentes.

“Mossoró terá uma unidade do Sesc elogiada em todo o país, com os espaços projetados para atender melhor o cidadão, climatizado, com equipamentos modernos. Foi um investimento viabilizado junto a CNC com bastante dificuldade, sobretudo em função dos momentos de dificuldade pelos quais passa a economia e o setor de Comércio e Serviços como um todo. Mas tenho certeza de que ele já está trazendo ótimos frutos e impactará muito positivamente no dia-dia dos mossoroenses”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

Com a reforma e ampliação no novo Sesc Mossoró, a unidade tem um estacionamento e um bloco administrativo ampliados. Foi construída uma nova Central de Relacionamento, para atender o público interessado nos serviços oferecidos pelo Sistema.

O restaurante passou por ampliação e climatização, e onde se oferecia até 800 refeições dias, passam a ser ofertadas 1.600 refeições/dia, todas balanceadas e com preços subsidiados.

Educação e sustentabilidade

A nova unidade Sesc Mossoró também passa a contar com uma escola totalmente diferente, completa e climatizada. São 14 salas de aula, mini auditório, sala de arte e de multiuso, laboratório de informática e de ciências, biblioteca, lanchonete e refeitório, além das salas administrativas e a sala dos professores.

Antes, a escola mantinha quatro turmas de Educação Infantil, 12 do Ensino Fundamental, atendendo mais de 400 alunos. Com a reforma e ampliação, serão 6 turmas de Educação Infantil, 22 de Ensino Fundamental, atendendo quase 600 alunos.

A Clínica Odontológica do Sesc passa a contar com mais um consultório para atender à população de Mossoró. São três salas individuais, onde os profissionais possuem os mais avançados equipamentos e produtos para atender os pacientes.

A construção da nova unidade Sesc Mossoró foi concebida com o conceito alinhado à acessibilidade e sustentabilidade. Por isso a unidade ganhou um sistema de reuso pluvial, onde a água da chuva será utilizada para irrigação da área verde e do campo de futebol, por exemplo, energia solar para aquecimento de aguas, telhas termoacústicas e coleta seletiva de lixo.

Outro espaço modificado foi a guarita da escola, sendo uma independente, aumentando e melhorando a segurança dos alunos, pais e professores. A sala de cinema também foi reformada e hoje tem a capacidade para 50 pessoas.

Esporte, Lazer e Cultura

Piscinas, Salão de jogos, ginásios, são algumas das novidades do Sesc Mossoró para os amantes dos esportes, como também para os que vão aproveitar os espaços no final de semana.

A unidade agora possui duas piscinas, uma semiolímpica e uma infantil, campos de futebol society, quadra de vôlei de areia, salão de jogos de tabuleiro e outras modalidades. O espaço conta também com uma nova academia, com aparelhos modernos e espaços para a prática da atividade física, como dança, bike indoor, e outras modalidades, e uma brinquedoteca.

Foram construídos e reformados dois ginásios poliesportivos, que servirá de palco para apresentações artísticas nos diversos segmentos. A expectativa é que 1.500 pessoas utilizem os espaços esportivos do Sesc Mossoró.

Para o lazer, o Sesc Mossoró conta com oito churrasqueiras e lounges para aluguel, que serão informadas na Central de Relacionamento após a inauguração.

O Sesc Mossoró irá agregar, ainda, o Sesc Cidadão Mossoró, projeto criado para proporcionar atividade como reforço escolar, práticas esportivas e recreativas, aulas de música e de capoeira, na zona periférica de Mossoró.

Agora, as crianças e adolescentes atendidos no Sesc Cidadão Mossoró irão contar com uma estrutura ainda maior e mais completa na nova unidade, com outras atividades.

O Sesc Mossoró também tem salas de cursos, que serão abertas para a realização dos mesmo durante todo o ano.

Programação domingo

Para marcar a reinauguração da unidade, o Sesc preparou uma programação diferente para o primeiro domingo do mês, dia 3 de dezembro. Haverá contação de histórias, pintura no rosto, show de mágica, além do espetáculo infantil “O Mundo dos Cubos e de sessões infantis no CineSesc.

O espaço esportivo e de lazer será destinado a torneios nos campos de futebol e no ginásio, recreação aquática. Tudo acontecerá das 9h às 15h, encerrando com o show musical.

Neste primeiro domingo, o acesso será gratuito para os interessados. Nos domingos seguinte, o associado Sesc tem acesso livre, com a apresentação da carteira Sesc, e os visitantes pagam uma taxa de R$ 10.